Qual é o tratamento?
A doença não tem cura. O tratamento visa prevenir os possíveis fatores desencadeantes e o uso de medicamentos que reduzem a intensidade e frequência das crises. Para as crises, no Brasil, está liberado o uso de um medicamento específico (icatibanto), capaz de reverter o edema.

Existe forma de prevenção?
Podemos prevenir as crises, mas não a doença. Os filhos de pais com diagnóstico confirmado da doença devem realizar os exames diagnósticos. Além disso, todas as pessoas com diagnóstico de Angioedema Hereditário, em idade fértil, devem ser encaminhadas para consulta de aconselhamento genético, com médico geneticista que irá explicar quais as chances da doença acometer os filhos.

Onde procurar as informações sobre a doença?
Existe a Associação Brasileira dos Portadores de Angioedema Hereditário (Abranghe), que tem por finalidade orientar os portadores e familiares e divulgar a doença.

Saiba mais em: www.abranghe.org.br

© Copyright 2018 - Hospital Santa Casa de Misericórdia de Vitória - Rua: Dr. João dos Santos Neves, 143 - Vila Rubim, Vitória - ES, CEP: 29025-023 - Telefone: (27) 3212-7200