Nesta sexta-feira (19), Dia Mundial de Doação de Leite Materno, a Maternidade Pró-Matre lançou um novo projeto social para captação de leite materno. O Projeto Alimentando Vidas tem o objetivo de aumentar o volume do banco de leite da maternidade e, assim, contribuir para o desenvolvimento mais rápido dos bebês que estão internados na Unidade de Teraía Intensiva Neonatal (UTIN). A ideia do projeto é receber as doações de leite na Santa Casa de Misericórdia de Vitória, na Pró-Matre e também nas casas das mães, com o auxílio de um motoboy. Atualmente, o estoque do banco de leite da maternidade está praticamente vazio, e conta com a colaboração de apenas uma doadora.

O Alimentando Vidas entra em funcionamento na próxima semana, quando começam os agendamentos para que o motoboy vá até as casas e busque o leite. Inicialmente, o serviço será disponibilizado três vezes por semana, sendo segunda, quarta e sexta-feira. Nesses três dias, após o agendamento da doação, o motociclista leva os frascos vazios e, mais tarde, volta para buscar a doação. A medida tem tudo para incentivar novas doadoras e é uma facilidade importante, uma vez que muitas mães não conseguem sair de casa com os filhos para fazer a doação, lembra a técnica de enfermagem Edneia Dias, que há 25 anos trabalha no banco de leite da Santa Casa.

“Nosso estoque está baixo e necessitamos de novas doações. Esperamos que essa novidade traga novas mamães”, confia. E há um motivo especial para tanta confiança. Há três meses, Edneia teve dentro de casa a surpresa de precisar de doação de leite materno. A filha dela, Rosiane, de 32 anos, teve o pequeno Theo na Pró-Matre, mas não havia produzido leite. Com isso, o pequeno precisou de doadoras para que conseguisse se alimentar nos primeiros dias de vida. “Se hoje o meu filho está bem, saudável, rindo e brincando, devo isso à doação que tive lá atrás. Foi um ato simples, mas que fez toda a diferença. Por isso eu incentivo que todas as mães de recém-nascido pensem sobre isso”, conta a jovem.

O Projeto Alimentando Vidas é uma parceria da Santa Casa de Vitória, da Maternidade Pró-Matre, da Associação de Comerciantes da Vila Rubim e do Grupo Dragões Negros do Motoclube do Espírito Santo.

Dia Mundial

Neste Dia Mundial da Doação de Leite, a Pró-Matre também programou um dia inteiro de orientações às gestantes internadas na maternidade. Além de conhecerem o novo projeto, elas são orientadas sobre como fazer a doação, esclarecem alguns mitos envolvendo o assunto e se reúnem em um café com bate-papo, onde recebem lembrancinhas pela data. “Vamos passar o dia inteiro prestando toda orientação às mães, tirando todas as dúvidas sobre a doação de leite materno e incentivando a prática, que é fundamental para salvar vidas”, adiantou a diretora técnica da Pró-Matre, Rosani Caiado.

E uma das principais dúvidas das mães que têm vontade de fazer a doação é se o volume de produção do leite materno vai diminuir. O pediatra Severino Dantas, da Santa Casa de Vitória, revela que trata-se de um mito. Pelo contrário, quem doa tem mais chance de aumentar a produção de leite. “O ato de doar estimula a produção de ainda mais leite, pois a sucção age como se a criança estivesse mamando. Então, quem doa, não terá menos leite. Para alguns casos, o leite industrializado acaba sendo uma opção, na falta do leite materno. Mas está longe de ser a mesma coisa. Leite materno é barato, rico e o mais completo alimento do mundo”, completa.

Projeto Alimentando Vidas

Funcionamento: a partir da próxima semana
Local: Pró-Matre
Informações e agendamento: (27) 3232-0020

Write a comment:

© Copyright 2018 - Hospital Santa Casa de Misericórdia de Vitória - Rua: Dr. João dos Santos Neves, 143 - Vila Rubim, Vitória - ES, CEP: 29025-023 - Telefone: (27) 3212-7200