Debater os desafios e fortalecer os hospitais católicos do Brasil. Esses foram os principais objetivos do I Congresso Brasileiro de Instituições Católicas de Saúde, que terminou nesta quarta-feira (18), no Rio de Janeiro. Com foco em gestão de excelência e sustentabilidade, o evento teve como tema “Juntos somos mais fortes” e foi uma forma de trocar experiências, além de formar propostas que serão utilizadas na administração dessas instituições.

O Congresso pretende ainda unir forças e tornar as instituições católicas de saúde mais cooperativas, sustentáveis e competitivas. Entre os participantes do Congresso, estavam a provedora da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Vitória, Dra Maria da Penha Rodrigues D’Avila, e o superintendente da Santa Casa de Misericórdia Cachoeiro, pe. Evaldo Ferreira.

Segundo ele, foi um momento de pensar em ideias conjuntas para superar os desafios financeiros que vivem os hospitais filantrópicos, mas sem abrir mão da caridade, do amor e de prestar um atendimento de qualidade aos mais necessitados.

“Esse é um momento importante, porque além de discutir vários assuntos relacionados à saúde, está sendo criada uma Associação Brasileira de Instituições Católicas. Isso vai fortalecer o trabalho que a Igreja já vem fazendo ao longo desses anos, ouvindo o mandado do nosso Senhor Jesus, que é levar amor e caridade para quem mais precisa”, disse.

Pe. Evaldo lembrou ainda que unidos, os hospitais ganham mais força para superar as dificuldades. A ideia, segundo ele, é trabalhar numa rede de solidariedade, que se sustenta não somente pela qualificação da oferta, mas sobretudo pela confiabilidade.

“Nós somos uma rede e temos grande força. Uma instituição poderá ajudar a outra e tenho certeza que essa união vai fortalecer nossas ações e fazer toda a diferença”, destacou.

Parceria

Seguindo essa linha de união, a Santa Casa Cachoeiro já realiza parcerias com a Santa Casa de Vitória. Para a provedora da instituição, dra. Maria da Penha Rodrigues D’Avilla, essa é uma realidade que já está sendo vivenciada entre os dois hospitais.

“Esse congresso é muito importante para reforçar essa união. Somos uma instituição grandiosa. E esse é o caminho que temos que trilhar para vencer os obstáculos e garantir o melhor atendimento para a população do Espírito Santo que depende dos nossos serviços”, destacou.

O Congresso

O primeiro dia de palestras teve enfoque religioso, com uma proposta de reflexão sobre origem, inspiração e missão das instituições católicas de saúde. Teve a participação do Presidente de Honra e Arcebispo do Rio de Janeiro, Cardeal Orani João Tempesta – O. Cist, e o Cardeal Peter A. Turkson, prefeito do Dicastério para o Desenvolvimento Humano Integral, do Vaticano.

Já no segundo dia contou a participação de palestrantes experientes no mercado brasileiro da Saúde, como o presidente da Federação Internacional de Hospitais e membro do Conselho de Administração da ANAHP, Francisco Balestrin, e o diretor-geral do Hospital de Amor (antigo Hospital de Câncer de Barretos), Henrique Prata, que falou sobre sua experiência na captação de recursos financeiros.

(Informações: Santa Casa Cachoeiro)