Serão homenageadas no prêmio deste ano as personalidades que mais se destacaram ao longo dos últimos dez anos, entre empresários, pesquisadores, executivos, autoridades públicas e profissionais que fizeram a diferença no setor

A provedora da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Vitória, Maria da Penha Rodrigues D’Avila, está entre os homenageados no prêmio 100 Mais Influentes na Saúde da Década. A premiação, realizada pelo Grupo Mídia e revista Healthcare Management, é um reconhecimento ao trabalho de profissionais de diversos segmentos da saúde ao longo dos últimos dez anos no país.

O nome da provedora foi indicado por meio de votação aberta no site da Heathcare e pesquisa de mercado realizada pelo Grupo Mídia. Também fazem parte da lista de homenageados empresários, pesquisadores, executivos, autoridades públicas e profissionais que fizeram a diferença no setor.

Clique aqui e vote em nossa provedora você também:
Na sua opinião, qual a personalidade da saúde de maior destaque na década?

Nesta semana, nossa provedora participou de uma entrevista na série “1 Década de Influência”, onde falou sobre sua trajetória na Medicina, a importância do Sistema Único de Saúde (SUS) e os desafios na gestão da Santa Casa de Misericórdia de Vitória.

“Eu nunca pensei em trabalhar com gestão, foi quase um acidente de percurso. Eu já fazia parte da instituição e via as dificuldades. Quando assumi a gestão, nós começamos a implementar algumas necessidades e melhorias”, lembra, relatando o contexto de sua chegada ao comando da Santa Casa de Vitória, em 2003.

Defesa do SUS

Como defensora do SUS, Maria da Penha Rodrigues D’Avila afirma que o sistema é um bem que o brasileiro possui e pode contar sempre que necessário. Ela lembra que, apesar das críticas constantes e financiamento aquém do que deveria, o SUS atende bem e mostra resultado sempre que é colocado à prova.

“Sempre que alguém precisa de um medicamento de alto custo ou procedimento que um plano de saúde não cobre, sempre se recorre ao SUS. O sistema, a meu ver, é muito bom e completo. O paciente merece uma área decente para ser tratado, e o SUS também pode atender dessa forma. Não é feio dizer que usa o SUS, pois são poucos países que conseguem um plano de saúde tão completo. Uns criticam, outros elogiam. Mas quando se precisa de uma resposta, o SUS dá a resposta”, opina.

Reconhecida por comandar o hospital com rigor e disciplina, a provedora ressalta que faz a gestão da instituição como se fosse um bem próprio, com cuidado e responsabilidade nos gastos e investimentos. “Na gestão do hospital, eu tomo as decisões como se fossem para mim. Tudo o que preciso adquirir para a instituição, eu tento buscar o melhor possível, com qualidade. Você não precisa ter dinheiro para ser bem tratado. Eu encaro uma instituição filantrópica como a minha como quase pública. Afinal, o dinheiro não é meu e é preciso ser usado com responsabilidade”.

Confira a entrevista completa:

© Copyright 2018 - Hospital Santa Casa de Misericórdia de Vitória - Rua: Dr. João dos Santos Neves, 143 - Vila Rubim, Vitória - ES, CEP: 29025-023 - Telefone: (27) 3212-7200